Você está aqui: Página Inicial Notícias Notícias Portal Oficinas Gratuitas Marcaram a Semana do MEI
Fale Conosco
Fale Conosco
Footer
Informativo
COMPARTILHE
  • Linkedin
  • Google +
 

Oficinas Gratuitas Marcaram a Semana do MEI

13/05/2016

Durante uma semana, microempreendedores de todo o país tiveram a oportunidade de participar de oficinas e palestras, além de atendimento individual

Oficinas Gratuitas Marcaram a Semana do MEI

Atendimento

Com o objetivo de orientar, capacitar e tirar dúvidas de microempreendedores individuais (MEIs) e de aspirantes ao empreendedorismo, o Sebrae Nacional e as unidades regionais promoveram a 8ª semana do Microempreendedor Individual (MEI), simultaneamente, em todo o país.
De 2 a 7 de maio, os interessados tiveram a oportunidade de participar de palestras e receber orientações e capacitações por meio de oficinas. Na ocasião, foram esclarecidas dúvidas de como alterar ou dar baixa no CPNJ, preencher a Declaração Anual do Simples Nacional (DANS-SIMEI), além de consultoria para aprimorar a gestão dos negócios e aumentar a qualidade, produtividade e competitividade da empresa.
No Distrito Federal, a consultora do Sebrae Lívia Campos ministrou a oficina “Sei controlar meu dinheiro” e falou sobre a importância da capacitação para administrar o empreendimento. “As finanças são o combustível dos negócios. Controle financeiro é hábito, quanto mais cedo começar a cuidar, mais cedo vai obter retorno”, explicou. A consultora disse ainda que, no atual cenário econômico, o microempreendedor tem um pensamento equivocado. "Ele pensa em ganhar mais, e não em gastar menos".
Participante da oficina, a esteticista autônoma Elisângela Queiroz quer deixar a informalidade. “Estou aprendendo aqui sobre como a organização das finanças influencia no crescimento da empresa. A vontade de crescer na vida profissional me trouxe até a oficina. Estou me preparando para me formalizar como MEI”, explicou.
A microempreendedora individual Cristiane Oliveira da Silva foi ao evento para se atualizar sobre as novidades na legislação. Costureira formalizada há três anos, ela falou que o maior benefício em se tornar MEI é contribuir para a Previdência Social e receber as garantias do INSS. “Ganhava meus trocadinhos enquanto autônoma, mas quando soube que poderia me formalizar e contribuir para a Previdência, me tornei MEI rapidinho”, comemorou.
O evento proporcionou, ainda, a contribuição de parceiros que apoiam a categoria, com informações para que o MEI possa ter, em um único local, dúvidas esclarecidas, principalmente as relacionadas à Receita Federal, ao INSS, à Anvisa, ao Corpo de Bombeiros, às Juntas Comerciais e a instituições de crédito.

Fonte: SEMPE

Mais informações para a imprensa:
smpe
6134118300
drei@planalto.gov.br
Ações do documento